Posts marcados na categoria Vancouver

19 jul, 2019

Intercâmbio em Vancouver – Canadá

Sabe AQUELE SONHO. Então, seu sempre sonhei em conhecer Vancouver e fazer um intercâmbio e nada melhor do que unir as duas coisas que eu tanto queria.

Vancouver tem um misto da cidade com a natureza que a deixa ainda mais linda, além de ser considerada umas das melhores cidades para se viver.

Porque Escolhi Vancouver

Abaixo, destaco os pontos do “Porque escolhi Vancouver”.

  • É considerado um dos melhores lugares do mundo para se viver. É seguro, não que não possa acontecer algo, mas podemos ir e vir quando quisermos, sem aquele medo de que algo acontece conosco a qualquer momento.
  • Canadá é um país que dá muita importância a educação e com excelente qualidade de vida.
  • É multicultural, o que nos proporciona maior contato com a Língua Inglesa, em Vancouver (em outras cidades como Quebec e Montreal você pode ter bastante contato com a Língua Francesa) e o melhor, diferentes sotaques.
  • Possui muito verde, o que permite um bom tempo e lugar para relaxar e/ou praticar esportes ao ar livre.
  • No verão, as temperaturas são parecidas com a da minha cidade, aqui no Rio de Janeiro;
  • As pessoas são receptivas e calorosas (a grande maioria é haha);
  • Tem praias (amo o mar);
  • O Inverno não é tão rigoroso quanto em outras cidades do Canadá.

Para tudoooo, eu já estava apaixonada por Vancouver antes de conhecê-la, agora acho que estou em um nível acima. Alguém sabe como se define esse sentimento?

Sem delongas, vamos partir para minha experiência neste intercâmbio maravilhoso, que durou apenas um mês. ☹ Pouco tempo! ☹ (Já quero mais rs)

Aconselho, para aqueles que possuem mais tempo, fazerem um intercâmbio de no mínimo três meses. Um mês passa rápido demais, mas para quem assim como eu trabalha e só tem um mês de férias, não pense muito, apenas vá, se joga nessa experiênciaincrivelmente maravilhosa.

Eu fui no mês de junho, início do verão, um excelente mês onde o sol nasce cedinho e se põe muito tarde, ótimo para aproveitar muito mais o que a cidade tem a oferecer.

Saindo do Rio de Janeiro

Sai do Rio de Janeiro e fiz escala em São Paulo e depois em Toronto para chegar em Vancouver. Voei pela companhia aérea Avianca e Air Canada, e não tenho o que reclamar quanto ao voo e tratamento dos colaboradores da companhia, infelizmente a Avianca hpje não está operando) embora tenha ficado 4 dias sem minha mala ☹, pois é, no trajeto de Toronto para Vancouver, minha mala permanceu em Toronto. A mala foi entregue por um colaborador do aeroporto de Vancouver no endereço em que eu estava hospedada. Na volta fiz o trajeto reverso até o Rio de Janeiro e não tive problemas com a mala, mas alguns cancelamento e atrasos de voo.

Saiba mais sobre o que fazer no verão em Vancouver

Quanto ao atraso de recebimento da mala, com o seguro você consegue ser reembolsado pelas despesas que teve devido ao extravio da mala, mas precisa confirmar o valor diário pago pelo seguro. No meu caso, eu não consegui reembolso pela companhia ou pelo seguro, pois minha mala estava em nome de minha amiga que viajou comigo. Então, uma dica, quando viajar em dupla ou grupo, observe e solicite que na sua bagagem esteja identificada com o seu nome, com sua identificação. Assim não passará pelo que eu passei.

Pela companhia aérea, também consegue ser reemblsado, porém demora 30 dias, pelo fato de eu ficar apenas 1 mês, não solicitei reembolso pela companhia. Mas se você ficar mais tempo e acontecer isso, faça a solicitação.

E lembre-se de sempre viajar com um Seguro Viagem, pois assim, caso precise, poderá acioná-lo sem que isso gere prejuízo financeiro.

Bom, vamos falar do que mais interessa….

Meu Curso

Optei por estudar no Canadian College, localizada no Downtown, uma ótima escola e super indico para aqueles que querem estudar e não ter muito contato com a Língua Portuguesa, pois há poucos brasileiros e os professores não falam nossa língua, ah e o melhor (ou pior para alguns haha), você paga uma prenda se os professores/diretor ouvirem você falando outra língua sem ser o Inglês. É uma escola com o custo um pouco alto por ser uma escola smart, mas com uma excelente estrutura.

Minha rotina era ir à escola de segunda a sexta das 10:00 as 12:30 e a tarde e finais de semana livre para conhecer a cidade.

20170628_220233699_iOS_LI-1024x682

Acomodação

Eu fiquei em um apartamento com mais 4 pessoas (uma grande prova de resistência haha, mas no final deu tudo certo. Optei por um apartamento da agência no Downtown, pois assim não precisaria me preocupar com regras de horários cujo muitas homestay possuem e teria mais autonomia e liberdade para fazer as coisas que eu gostaria de fazer. Não que não houvessem regras no apartamento, mas nada que não fosse normal “como manter tudo limpo, manter suas coisas em seu espaço e respeitar o outro”, regras básicas de convivência, afinal eram 5 pessoas diferentes dentro de um apartamento.

Uma coisa interessante é que as casas não possuem ralos, você não usa água para limpar a casa como limpamos aqui. Haviam 2 banheiros, um parecido com o nosso, porém sem ralo fora do box e outro no quarto onde fiquei, cujo chuveiro era dentro da banheira e era baixo, isso me incomodou no início pois sou alta, mas depois descobri que era ajustável e tudo ficou melhor rsrs.

Custo de Vida (Brasil x Canadá)

Em relação ao custo de vida, ele é alto para quem mora aqui no Brasil. Mas quando você tem a possibilidade de trabalhar e receber em moeda local, o custo de vida não é tão caro assim.

Canadian banknotes on blue background
Foto: Fonte: www.google.com.br

Transporte Público

O transporte público é diferente do Brasil e é eficaz, em Vancouver existem 3 zonas, e é composto de ônibus, skytrain, seabus e trem, quem administra o transporte público é a Translink, no site vocês podem obter as informações sobre as linhas. O cartão usado para pagamento em qualquer transporte se chama compass Card, o compass card pode ser adquirido em

  • As zonas são válidas nos dias de semana até as 18:30, depois disso é cobrado apenas 1 zona para qualquer viagem. Ou seja, dias úteis depois de 18:30, finais de semana e feriados é tudo zona 01, ótimo incentivo para conhecer outros lugares maravilhosos ao redor do centro de Vancouver.
  • É necessário fazer Tap in e Tap Out (passar o Compass Card na entrada e na saída dos transportes públicos), para que o sistema saiba por quantas zonas você passou e faça a cobrança correta. Exceto os ónibus, neles bastam fazer Tap in.

Para maiores informações acessem o site https://www.translink.ca/

Costumes (diferenças) – O que eu achei diferente.

Cumprimento, temos costumes de dar dois beijos na bochecha, ou um dependendo do estado, quando conhecemos alguém. Já eles, só apertam a mão.

Não manda beijos quando finaliza uma ligação ou uma conversa por mensagem.

Não entram com sapatos dentro de casa. Tiram e colocam em uma porta sapatos que geralmente tem na entrada e deixam a bolsa jogada no chão (deixar a bolsa jogada no chão é um pouco estranho pra mim rsrs).

Alimentação (culinária local, comeu comida brasileira?)

Senti muita diferença sim gente, a comida é bem picante, em tudo eles colocam pimenta, mas em muitos restaurantes no próprio cardápio eles colocam a imagem de uma pimenta para indicar que aquele prato é muito apimentado.

Sim, eu confesso que fui atrás de comida brasileira, apesar de pouco tempo (um mês), eu estava cheia de saudade da nossa comidinha. Fui em um restaurante, que parecia uma casinha rsrs, chamado Boteco Brasil. Indico para quem quer comer algo brasileiro e não tão caro.

PRÓS E CONTRAS

Prós: melhor cidade para se viver: tem muito verde / natureza, qualidade de vida, você se sente seguro, as coisas funcionam e não são tão burocráticas como aqui, você não se sente estrangeiro (as pessoas são bem acolhedoras), você pode comer qualquer tipo de comida, e é a original rsrs

Contras: custo de vida alto para quem sai do Brasil sem visto de trabalho; no downtown eastside (sul de gastown), você anda em meio a usuários de drogas, mendigos, pessoas com deficencia mental, prostitutas entre outros, apesar do governo canadense oferecer uma estrutura impressionante aos moradores de rua ( programa de recolocação profissional, vestimenta, custeio com alimentação entre outros).

Bebida alcólicas são mais caras, exceto vinhos, não todos, mas você pode encontrar vinhos mais baratos do que aqui no Brasil.

Para quem gosta de comer alguma coisa depois das 10 horas é complicado quase não se encontra algo funcionando.

Mas Jenny, me conta aí, sentiu dificuldade em alguma coisa?

Sim, sim, sim. Rsrsrs. Em relação a comunicação. Apesar de serem bem pacientes, falarem devagar, eu senti dificuldade e recomendo para quem puder ficar no mínimo 3 meses.

Se eu senti falta de alguma coisa?

Com certeza rsrs, quem me conhece sabe que sou muito ligada a família, então senti falta deles, apesar de ter sido pouco tempo e senti falta da nossa comidinha também.

5 Curiosidades sobre Vancouver / Canadá.

  • Mais de 50% da população não é canadense
  • A cidade é cercada por montanhas e mar
  • O animal símbolo do pais é o castor
  • Possui 2 idiomas oficiais: Ingles e Frances
  • É cenário de gravação de vários filmes e séries… (Como supernaturel, arrow, godzilla, 50 shades of grey; junmaji… entre outros)

Me perguntaram se eu me mudaria de mala e cuia…

Respondi na hora. Agora. Vamos? rsrsrs

Quer me acompanhar em viagens e ter dicas em tempo real? Então já segue o @turistandoondeder no instagram.

VAI VIAJAR? QUE TAL RESERVAR AQUI PELO BLOG?

Você sabia que ao reservar um serviço aqui pelo blog, você não paga nada a mais por isso e me ajuda a produzir mais conteúdo de qualidade. Então, vamos reservar?

Passeios e transfer: Touron ou Get Your Guide
Hospedagem: Hotel Urbano, Booking.com
Seguro: SegurosPromo
Passagens: PassagensPromo
Pacotes Nacionais e Internacionais: Hotel Urbano
Chip de internet: Viaje Conectado ou EasySIM4U
Aluguel de Carro: RentCars
E-book, livros, e passatempo: Amazon

Espero que tenham gostado!

See you soon!

Jeniffer Costa

10 mar, 2019

O Que Fazer em Vancouver

Gente, há tanta coisa para fazer em Vancouver. Irei falar sobre algumas, não consegui fazer tudo que deseja, visitar todos lugares que eu queria, devido ao pouco tempo que fiquei em Vancouver. Mas pretendo voltar em breve e fazer todas as coisas da minha listinha.

Falando em listinha. Vocês também fazem uma quando vão viajar? Deixe-me saber aqui nos comentários 🙂

Let’s start…

O Famoso Stanley Park.

Para quem ama a natureza, não há melhor lugar para estar. Lá, você pode caminhar, andar de bike, fazer piquenique, contemplar o mar, ver o pôr do sol, você também pode saborear algo em um dos restaurantes dentro do parque, ir a piscina (água quentinha)…. Isso durante o verão e durante as demais estações é lindo e com outras atividades… Enfim… Você tem muitas opções, então escolha a quem mais lhe apetece e desfrute ao máximo dos passeios no Stanley Park.

Que tal uma voltinha de bike?

Dentro do Stanley Park tem também os famoso Totem Poles que são a atração turística mais visitada em Vancouver. Eles representam a cultura das primeiras nações canadense.
A coleção começou no Lumberman’s Arch com 4 obras na década de 1920, na Ilha de Vancouver. Em meados da década de 1960, os totems foram movidos para o atraente e acessível Brockton Point.
O nono e mais recente totem, esculpido por Robert Yelton da Nação Squamish, foi adicionado ao Brockton Point em 2009. .

Fly Over

Não deixe de ir ao Fly Over. Uma experiência sem igual, com vento, água, cheiros despertando grandes emoções. Um voo sobre o Canadá. Eu fui e a minha vontade era de ir novamente e novamente… 😍

Pena que não pode tirar fotos lá dentro.

Science World

Gosta de ir a museus quando viaja? Se sim, precisa conhecer o Science World. Ele fica localizado no False Creek e funciona das 10 às 18 horas. O tema abordado muda, como em qualquer museu. Verifique a programação quando for.

Be connected. Stay connected. keep connecting.

Aproveitando o Science World. Conforme vai anoitecendo a vista do globo fica linda.

Vancouver Aquarium

No coração do Stanley Park, é o lar de milhares de espécie oceânicas. Todos os ingressos apoiam a preservação oceânica. Além de todos os animais aquáticos, possuem aves, sapos e outros… Há também uma área que fala sobre a Floresta Amazônica 😍.
O ingresso pode ser adquirido no local ou no site http://www.vanaqua.org
Valores: $39 cad – Adultos / $30 cad – Estudante

Deep Cove

Pense em uma trilha com escadas em madeira, muitas subidas e descidas, porém levinha. Sim, essa é a Deep Cove, uma das melhores trilhas que já fiz, sem contar a recompensa que temos ao chegar no final.

Não sei vocês, mas eu amo a natureza e nada melhor do que uma trilha dessas para nos conectar com ela, não é mesmo? rsrs

Eu super recomendo fazer essa trilha, mesmo que não seja muito adepta a trilhas, a sensação maravilhosa e as lembranças dessa trilha incrível ficarão eternamente gravada em você.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é 20170612_000203237_iOS-e1551966500397-768x1024.jpg

Lynn Canyon Park

Outra trilha perfeita e levinha é do Lynn Canyon. Com um pequeno Cânion por onde passa um rio até a cachoeira, tem uma área, uma piscina natural, que muitos se atrevem a mergulhar, mas já vou avisando, a água é muito gelada. rsrs E aí, vai encarar?

Além de muito verde, água, energia positiva e bem leve, o Lynn Canyon possui uma ponte suspensa, e o melhor é gratuita. Um passeio incrível e ao meu ver, imperdível.

English Bay

A-maze-ing Laughter são as esculturas sorridentes criadas em 2009 pelo escultor Yue Minjun, que ficam no centro de Vancouver, próximo a English Bay. Não deixem de ir até lá e aproveitem para imitar as esculturas, arrancando várias gargalhadas e criando belas e alegres memórias.

Inukshuk é uma escultura de pedra humana, um antigo símbolo da cultura Inuit.

Assistir ao pôr do sol na English Bay. Eu poderia ficar sentada ali por uma eternidade contemplando as maravilhas desse lugar. 😍

Granville Island Public Market

Gente, para tudo, que lugar é esse?!? Pense em um lugar onde você se perde com tanta variedade (comidaa – meu lado gordinha falando mais alto rsrs).

Com uma vista linda, diferentes tipos de comidas, donuts deliciosos (o melhor que comi), música em vários cantos… Um excelente lugar para passar o dia. 😍

Se você está em Vancouver inclua o Granville Island Public Market em sua programação de lugares para conhecer.

Vista da Burrad Bridge de Granville Island.

Elizabeth Queen Park

O Queen Elizabeth Park é o ponto mais alto de Vancouver, com 152 metros acima do nível do mar.  É o segundo ponto turístico mais visitado, logo atrás do #stanleypark

Além dos jardins e vistas lindíssimas, tem também lago, piscina, tirolesa, tênis, basquete, espaço para picnic e mais, e não poderia faltar aqui o Bloedel Conservatory, 120 pássaros exóticos e mais de 500 tipos de plantas tropicais dentro da cúpula.

É um passeio obrigatório.

Coal Harbour

Caminhar ou correr neste lugar é simplesmente maravilhoso. Se você não daqueles que não gostam de praticar exercício, esse lugar também é ótimo para ficar sentado na grama ou nos banquinhos. Ao longo da enseada, você encontra barraquinhas de hot dog, restaurantes, um barzinho que falarei mais a frente e artistas de rua. Sem sombras de dúvidas um dos lugares que mais passei o tempo. ❤

Tap Shack

Amei esse restaurante / bar. Como alguns sabem, é proibido beber bebida alcoólica na rua, mas este restaurante tem um ambiente externo, que definitivamente é muito melhor. Se você está em Vancouver, não deixe de conhecer. Pesquise para saber os dias e o horario do Happy Hour.

Blarney Stone

Vamos curtir a noite? Eu mais do que do que indico o Blarney Stone, posso afirmar que é uma das baladinhas mais badaladas, gente bonita, ótimas bebidas, música ao vivo. Amei e voltaria sempre se estivesse em Vancouver ainda.

Não esqueça de levar documento que comprove sua maior idade.

D’oro gelato & caffè

Tomar aquele sorvetinho na D’oro gelato & caffè.

Ela fica na 1222 Robson St, Vancouver, BC V6E 1C1, Canada

Quer me acompanhar em viagens e ter dicas em tempo real? Então já segue o @turistandoondeder no instagram.

VAI VIAJAR? QUE TAL RESERVAR AQUI PELO BLOG?

Você sabia que ao reservar um serviço aqui pelo blog, você não paga nada a mais por isso e me ajuda a produzir mais conteúdo de qualidade para você. Então, vamos reservar?

Passeios e transfer: Touron ou Get Your Guide
Hospedagem: Hotel Urbano
Seguro: SegurosPromo
Passagens: PassagensPromo
Pacotes Nacionais e Internacionais: Hotel Urbano
Aluguel de Carro: RentCars
E-book, livros, e passatempo: Amazon

Espero que tenham gostado. Deixem seus comentários aqui embaixo, suas dúvidas que responderei com todo carinho. 😘

See you soon! ✈

Jeniffer Costa.